Por muitas décadas o mercado da moda ignorou uma grande parcela de seus consumidores, seja por questões de lucratividade ou mesmo por alguma ideia pré-concebida.

tres mulheres gordas vestindo roupas de moda plus size

A moda Plus Size foi ignorada durante anos, sendo basicamente um motivo de chacota para se fazer com pessoas que sofrem com o sobrepeso. Entretanto, seria realmente inteligente tomar esta medida ainda hoje? Até mesmo cursos online da área ensinam sobre esta parcela do mercado.

Então, nada mais justo do que dar uma chance para explorar a posição de hoje. Afinal de contas, não existem oportunidades perdidas para quem é bom empreendedor.

Por isso, resolvi criar esta postagem de debates para falar um pouco mais sobre o tema.

Vamos conferir?

Por que a moda Plus Size foi tão ignorada?

Primeiramente acho produtivo colocar as cartas na mesa. Afinal de contas, o preconceito era um problema? Não só era como ainda é!

Mas nenhuma empresa que se preze vai deixar de ganhar dinheiro simplesmente porque não gosta de explorar um nicho de mercado.

Então, o primeiro problema que eu indico é o fato de que a nossa sociedade, até algumas décadas atrás, tinha uma quantidade muito menor de pessoas que precisavam deste tipo de roupas.

Logo, fazer algo que seja muito específico e nichado acabava sendo realmente complicado. Até porque você só conseguiria um público suficiente para lucrar abrindo lojas e distribuidoras em grandes cidades.

Mas não podemos nos esquecer de uma outra situação muito importante, que é o momento em que a gente esbarra na cultura e visões da época.

Ninguém iria gostar de vestir uma marca que é famosa por produzir “roupas para gordos”, mesmo que a maioria da sua produção fosse para tamanhos menores.

Isto provavelmente segurou por muito tempo as grandes marcas para inovar ou tentar algo no mercado. Seria um motivo para se perder dinheiro, o que não é uma ideia amistosa.

E por último, é interessante dizer que existia uma cultura de escravidão da magreza. Onde as mulheres, as maiores consumidoras, sentiam que deveriam sempre utilizar um número menor do que o próprio.

Então, isto afastava cada vez mais o público ideal para este tipo de empreendimento.

Era inevitável que a cultura mudasse com o tempo, principalmente por conta do estilo de vida mais sedentário que mudou a média de peso da nação. Uma coisa é excluir um grupo pequeno, e outra coisa é perder um grupo grande.

Poucos guerreiros tiraram o preconceito de lado e na década de 90 já era possível ver marcas, mas quase nenhuma franquia.

mulher gorda sentada vestindo uma blusa puls size

O que mudou no mercado hoje?

Bom, um fator que não podemos negar é a própria democratização da internet. Algo que parecia um luxo bastante supérfluo é hoje um espaço para que as pessoas percebam que não estão sozinhas.

Sendo assim, as mulheres começaram a perceber, e de mesmo modo os homens, que não era nem um pouco fácil seguir um padrão. Mas não só não era fácil, como também não era possível.

Mesmo que essas mulheres não viessem a ser clientes de uma moda plus size, elas também não mais julgam as que são, nem hoje e provavelmente nem amanhã. 

O mesmo vale para os homens, que perceberam que não era possível trabalhar mais de 8 horas por dia e ainda manter uma aparência perfeita.

Este tipo de abraço coletivo com certeza mudou o imaginário coletivo e permitiu que as pessoas aceitassem mais as outras, porque cada um tem seus desafios pessoais.

Isto permitiu o apoio de marcas mais importantes a fabricarem material de qualidade, e por aí o mercado foi se estabilizando nos últimos 20 anos.

Movimentações interessantes hoje

Uma outra coisa que precisa ser apontada aqui é a participação de modelos do tipo Plus Size. Antes, o mercado estava completamente vetado até mesmo para mulheres dentro do seu peso ideal.

Basta ver a maioria dos desfiles de moda até o início deste milênio.

É possível hoje ter trabalhos exclusivos para mulheres que estão acima do peso, assim como aquelas que possuem uma massa corporal considerada média.

E claro, toda esta representatividade, assim como mostrar que a pessoa pode se manter bonita de qualquer forma, facilitou o aumento de vendas de peças deste tipo.

Recentemente as maiores marcas viram um aumento de 200% no consumo em geral.

Futuro do mercado

Tratar de futuro é realmente algo muito incerto, mas já podemos vislumbrar algumas oportunidades presentes que parecem se estender mais à frente.

Primeiramente existe um notável gap da quantidade de estilistas deste tipo de vestimenta. Onde acaba sendo uma área excelente para quem quer ganhar um destaque ou até mesmo trabalhar para encabeçar uma coleção.

Por outro lado, também temos uma região muito interessante na apresentação estética em geral, como fotografia e filmagens. É notável que existe uma demanda para profissionais cada vez mais específicos e cada vez mais especializados para este tipo de tarefa.

Entretanto, mesmo que você não queira seguir a linha, esta é uma oportunidade para ganhar experiência de uma maneira geral. Afinal de contas, a maioria dos processos, tanto para estética, filmagem, fotografia e estilização são os mesmos.

homem gordo de camiseta branca assoprando bolhas de sabao

Conclusão

De fato, o crescimento do mercado de moda Plus Size hoje é uma tendência que tem tudo para se repetir por um bom tempo. Até mesmo pelo fato de que muitas pessoas estão aprendendo a cuidar do visual com bastante empenho.

Você como profissional também pode ter uma grande chance dentro da área. Encontrando ótimas oportunidades para ganhar experiência e se destacar em um mercado em ascensão.

Viva a liberdade de ser feliz!

Então, gostou de saber um pouco mais sobre esta fatia de mercado que está em franco crescimento? Confira sempre os nossos conteúdos para que você se mantenha informado.

Mas se quiser se aprofundar ainda mais, recomendo começar por cursos online com certificado na área da moda. Eles com certeza irão entregar um caminho muito bem pavimentado e que serve de guia para estudos futuros.

No mais é isso, qualquer dúvida sobre o assunto estou à disposição nos comentários, ok?

Até a nossa próxima dica!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

 

Post a Comment

Queremos te ouvir! Deixe a sua mensagem:

Postagem Anterior Próxima Postagem